Nossa equipe

Nossa equipe é composta por profissionais de diferentes áreas e formações, o que traz equilíbrio para os trabalhos realizados.

Equipe

Com o intuito de mostrar a sociedade que a volta dos trens de passageiros em todo o território nacional trará progresso, economia e a oportunidade de viagens turísticas inesquecíveis.

Temos o exemplo da Europa, do Japão e de outros países desenvolvidos e aqui no Brasil temos todas as condições favoráveis para realizar este projeto

Venha conhecer nosso projeto, as pessoas que trabalham nele e sinta-se convidado a fazer parte desta família.

 

Helton +2Helton Máximo é fotógrafo profissional, professor de física e matemática, pedagogo, instrutor de musculação e ginástica com pesos, mestre em Reiki, técnico de montagem e manutenção de computadores.

Ficou conhecido por onde passou, como “Caçador de Trens”, devido  sua busca incessante por trens, estações e equipamentos ferroviários, mostrando às comunidades o estado de preservação bem como as formas que estão sendo utilizados.

Sua intenção é viajar por todo o Brasil, fotografando trens, estações e equipamentos ferroviários e, pesquisar a história de cada ferrovia por onde passar.

Mostrar que este meio de transporte é viável, econômico e não poluente. Pretende fazer mostras de trabalhos fotográficos e plásticos “seus e de outros artistas”, músicos e outros atrativos, tendo sempre o “trem” como tema.

A ideia é que o Brasil participe do que já deu certo no resto do mundo.

Helton Máximo

 

Irineu Frateschi  tem 55 anos  é casado pai de dois filhos, nascido em São Paulo no bairro do Tucuruvi próximo a antiga estação Tucuruvi da Cantareira  onde viveu até os 12 anos de idade e desde 1973 quando se mudou com a família para Caieiras SP, próximo a E.F. Santos a Jundiaí hoje CPTM, atualmente é funcionário publico estadual,  foi desenhista mecânico, é  ferromodelista desde 1980, fotografo amador voltado para trens, estações e ferrovias ativas ou inativas, participou por um período no Instituto de Ferrovias e Preservação do Patrimônio Cultural, que tem a concessão da E.F. Perus Pirapora, e também do núcleo de ferromodelismo dessa ferrovia, e aficionado por trens e ferrovias, e um grande defensor da volta e modernização dos trens de passageiros.

                                                                                                                               Irineu Frateschi.

,,

.

Deixe uma resposta